Meu banco condicionou a venda de um serviço a outro, o que devo fazer?

A venda de um serviço condicionado a outro é considerado venda casada. Por exemplo, quando um banco alega que a obtenção de um empréstimo só será possível se adquirir um seguro. A prática, por sua vez, é proibida. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, não deve haver fornecimento de produto ou serviço condicionado à compra de outro produto ou serviço, pois inibe a liberdade de escolha do consumidor. Por isso, a venda casada, apesar de corriqueira, é ilegal e pode ser negada.


Por isso, ao se deparar com essa situação, é importante buscar uma resolução extrajudicial, ou seja, tentar resolver a situação de forma amigável com a empresa, antes de recorrer à justiça.


Se a tentativa não gerar resolução, deve-se então buscar a reparação junto ao Poder Judiciário. Ah, lembre-se de guardar todas as provas de tentativas de acordo com o banco, pois isso ajuda a comprovar os fatos durante o processo, bem como facilita a procedência dos pedidos.


Se você passou por uma situação como essa, entre em contato conosco para saber se o seu caso pode gerar indenização por danos morais. Funciona assim:


Após responder algumas perguntas sobre o seu caso através deste link, nós realizaremos a primeira análise para verificar se é elegível, ou seja, se dá direito à indenização. Se a resposta for positiva, você nos enviará cópias de documentos pessoais e as provas que possuir.


A partir dessas informações, nós realizaremos mais uma análise, a fim de garantir que o caso é elegível. Se estiver tudo certo, você receberá o contrato de prestação de serviços e a procuração, que deverão ser assinados. Lembre-se que todo este procedimento é feito de maneira digital!


Por fim, a ação será proposta e, caso haja indenização, será cobrado 30% do valor. Bem mais simples, não é mesmo? Não precisa se preocupar buscando profissionais e entregando documentos, nós cuidamos de tudo.

Quero Processar