O que fazer se o plano de saúde negou a cirurgia, mas já foi feito o pagamento para o médico particular?

O médico possui a habilidade para dizer se uma cirurgia é ou não necessária para manutenção da vida e saúde do paciente. Portanto, se o profissional solicita que determinado procedimento seja realizado, e a cobertura pelo plano de saúde é prevista em lei, não deve haver negativa.


Se o pagamento do procedimento cirúrgico foi realizado de forma particular devido à negativa do plano de saúde, é possível receber a restituição do valor, mesmo que o plano não preveja reembolso.


Em situações como essa, é necessário iniciar uma ação judicial, a fim de exigir que o plano de saúde realize a cirurgia. Ah, lembre-se que é necessário avaliar as particularidades de cada caso. Por exemplo, apenas é possível solicitar o reembolso, quando o procedimento consta como obrigatório pela legislação, ou ainda se é imprescindível para a cura do paciente.


Se for a sua situação, conte conosco! Podemos avaliar o seu caso de forma totalmente digital e gratuita, além de iniciar seu processo sem nenhum custo inicial, funciona assim:


Após responder algumas perguntas através deste link, nós realizaremos a primeira análise para verificar se é elegível, ou seja, se dá direito à indenização por danos morais. Se a resposta for positiva, você nos enviará cópias de documentos pessoais e as provas que possuir. Por exemplo, a recusa do plano de saúde em cobrir o procedimento.


A partir dessas informações, nós realizaremos mais uma análise, a fim de garantir que o caso é elegível. Se estiver tudo certo, você receberá o contrato de prestação de serviços e a procuração, que deverão ser assinados. Lembre-se que todo este procedimento é feito de maneira totalmente digital!


Por fim, a ação judicial será proposta e, caso haja indenização, será cobrado 30% do valor. Bem mais simples, não é mesmo? Não precisa se preocupar buscando profissionais buscando e entregando documentos, nós cuidamos de tudo.

Quero Processar